Buscar
  • Sr. Site

Médico precisa fazer marketing?


Uma das perguntas mais recorrentes na nossa consultoria de marketing para médicos é: médico precisa fazer marketing?

Por que o médico deveria investir em marketing? Afinal, o que é marketing na medicina? É preciso que fique claro que marketing na medicina não tem a mesma função do marketing no varejo ou para empresas que comercializam outros tipos de serviços e produtos.

Entretanto, o conceito fundamental do marketing permanece: o marketing tem a função primordial de entender e atender as necessidade de um público muito específico.

Ora, se você é médico, tem uma especialização, seu público alvo são as pessoas que necessitam dos seus conhecimentos. Para que elas sejam bem atendidas, é necessário que elas conheçam você, compreendam como você pode ajuda-lás e confiem em você para poder contrata-ló.

Nada vai acontecer, nenhum paciente vai chegar até você sem alguma atividade de marketing. Mas, você pode pensar: eu nunca fiz nenhuma ação de marketing, todos meus pacientes vem através de indicação. Pois saiba você que a indicação é uma forma de marketing. De alguma forma, você trabalhou os elementos de marketing na saúde, ainda que de forma inconsciente e com isso conseguiu gerar novos pacientes através das indicações.

Mas cada vez mais o profissional de medicina não pode mais esperar que somente as indicações gerem novos pacientes. Esta cada vez mais difícil conseguir bons pacientes particulares. Os planos de saúde tomaram de assalto a agenda dos médicos e aqueles que tentam fugir dessa verdadeira prisão tem tido dificuldade de captar pacientes particulares, que por sua vez, tem dificuldades de entender o porque deveriam pagar uma consulta particular já que tem acesso a uma lista de profissionais dentro do seu plano de saúde.

É exatamente para sanar o problema descrito acima que o médico precisa investir no marketing médico. Vamos ver mais abaixo como o marketing na medicina pode tirar o médico dessa prisão chamada plano de saúde.

O mix de marketing

Tudo que é abundante não tem valor ou tem baixo valor. Para aumentar o valor percebido pelo cliente e fazer com que ele esteja disposto a investir em uma consulta particular é preciso que o médico calibre corretamente o seu composto de marketing ou mix de marketing.

O mix de marketing médico é formado pelo tripé:

Mercado

A qual público específico o médico quer dirigir seu atendimento e prática. Comece listando quem você não quer atender. Por exemplo: pacientes de planos de saúde. A partir dai comece a listar as características do seu paciente ideal: qual sua faixa etária, onde ele mora, quais os motivos que o levam a procurar um médico com sua especialização (prevenção, tratamento, etc), qual sua faixa estimada de renda.

A montagem dessa persona, ou seja, a personificação de um paciente ideal, não é uma achismo, mas sim, uma modelagem a partir de pacientes que você já tem e que possuem as características que você desejaria ver nos demais.

Se você ainda não tem pacientes particulares, tente avaliar quais seriam essas características do paciente ideal e monte sua persona. Você pode ter mais de uma persona, mas não é legal ter muitas personas diferentes.