Buscar
  • marcioasilv3

Plano de ações de marketing para médicos

Plano de ações de marketing na medicina
Marketing médico


A medicina vem passando por várias transformações. No contexto atual, tecnologia, ética e a própria evoluação das necessidades humanas fazem com que médicos passem a atuar de forma diferenciada do modelo tradiconal de atuação da medicina.


Uma das maiores mudanças nos últimos 10 anos no campo da medicina tem sido a forma com os profissionais de saúde e as clinicas médicas em geral tem buscado se comunicar com seus públicos de interesse.


Há cerca de 10 anos era uma verdadeira heresia falar em marketing para médicos. Os profissionais de saúde tinham, e bem verdade, alguns ainda tem, uma visão distorcida do conceito da medicina na saúde.


Muitos profissionais de medicina já perceberam que ter uma excelente formação, um sobrenome famoso ou mesmo um consultório em local nobre da cidade, não são garantias de sucesso profissional.


Afinal de contas, o Brasil atualmente conta com cerca de 500 mil profissionais de saúde trabalhando de forma concentrada em cidade de médio e grande porte, torando a concorrência pelos pacientes muito acirrada.


Para além da concorrência, os planos de saúde e empresas lastreadas em grandes fundos de investimento tem tornado a agenda do médico algo fora do seu controle.


Nessa nova era, com novos desafios, vencerá quem se adequar melhor as regras do jogo vigente, ainda que muitas dessas regras sejam questionáveis do ponto de vista ético.


O que é marketing médico?


O marketing médico é um termo cunhado pelas agências de marketing que visam aproximar o conceito tradicional do marketing para perto do ambiente médico.


Marketing na medicina, na visão da Senior Consultoria, é entender, atender e superar expectativas e necessidades de um grupo específico de pessoas com características demográficas e psicográficas semelhantes, denominados de pacientes.


Veja, satisfazer necessidades é o cerne do marketing. O "produto" fruto do trabalho do médico é a busca da saúde integral do seu paciente. O seu paciente é o seu "cliente" no sentido do marketing.



Então, atender as necessidades dos pacientes é fundamentalmente atender ao cliente.




Claro, cliente e paciente são conceitos similares dentro do âmbito do marketing para médicos, mas se observarmos em detalhe, os conceitos podem ser distintamente interpretados como: