Buscar
  • marcioasilv3

Como fazer o marketing digital para dentistas dar certo na sua clínica odontológica

Como fazer o marketing digital para dentistas funcionar na sua clínica
Marketing digital para dentistas

A quantidade de material sobre marketing digital para dentistas cresceu de forma exponencial nos últimos 5 anos.


Com o excesso de oferta de dentistas concentrados em grandes cidades, a retração da demanda em virtude de motivos econômicos e com a chegada da epidemia de Covid-19, os dentistas precisaram se reinventar.


Se antes marketing digital na odontologia era uma possibilidade a ser discutida, hoje, é praticamente impossível ter uma agenda cheia se não houver investimentos em marketing na odontologia.


O que é o marketing digital na odontologia?


Marketing para dentistas, especialmente o marketing digital para dentistas é um conjunto de metodologia, ferramentas e ações que juntas vão ter as seguintes funções:


  1. Divulgar sua clínica

  2. Atrair interessados pelos seus serviços

  3. Converter em novas avaliações


Perceba, marketing para dentistas é muito mais do que abrir uma conta no Instagram para sua clínica ou investir em anúncios patrocinados no Google.


Marketing na odontologia é sobretudo

atender e exceder expectativas e necessidades.


Nesse artigo vamos te explicar como fazer o marketing digital na odontologia dar certo para a sua clínica. Siga conosco.


Era uma vez o dentista que não gostava de marketing


O dentista que não acredita em marketing na odontologia
O dentista que não acredita em marketing na odontologia

Sabe, começamos nesse mercado de consultoria para dentistas há mais de 25 anos. Naquela época era muito difícil falar sobre marketing, publicidade e vendas para os profissionais de odontologia da época.


A maioria dos dentistas há cerca de 20 anos não precisava muito se preocupar em captar pacientes.


Eles investiam em uma boa formação, encontravam um bom ponto comercial na cidade e pronto! Bastava esperar os pacientes chegarem.


Era uma época em que havia menos dentistas no mercado, o serviço era muito exclusivo e os pacientes valorizavam mais o serviço odontológico. E quando nos falamos em valorizar queremos dizer que as pessoas não eram tão sensíveis ao preço.


Mas, com o passar dos anos muitas faculdades de odontologia foram abrindo, formando milhares de novos dentistas todos os anos que, assim como seu antecessores seguiram o modelo tradicional: Boa formação, localização central e um bom atendimento.


Acontece que em um determinado momento, cerca de 10 anos atrás, já havia, especialmente na grandes cidades um excesso de profissionais de odontologia que tinham boa formação, clínicas bem localizadas e que apresentavam um bom atendimento.


Ai é que a coisa começa a se complicar. Se na visão dos clientes (pacientes) todo dentista para o qual ele olha tem boa formação, uma clínica confortável e um bom atendimento, como é que ele vai decidir por qual escolher?


A resposta é dura, porém correta: Ele(a) vai decidir pelo preço.


Então surgiu o marketing na odontologia


Marketing na odontologia
Marketing na odontologia

De repente, os profissionais de odontologia que tinham uma boa formação, um bom ponto comercial e um excelente atendimento começaram a perceber que muitos dos seus colegas também tinham esses "diferenciais" e passaram a perceber que suas agendas já não estavam mais tão "lotadas" assim.


De certa forma, perceberam que precisavam ir além do chamado marketing boca a boca na divulgação do seus serviços.


Olharam para fora das suas clínicas e viram que muitos dos colegas estavam investindo em um tal de marketing na odontologia.


Basicamente, muitas clinicas começaram a colocar anúncios chamativos nas suas fachadas, um anúncio ou outro no jornal local, e alguns, até mesmo davam entrevistas nas rádios.


Na tradicional linha do "eu também", muitos dentistas passaram a fazer exatamente como seus colegas. Colocavam anúncios nos jornais locais, distribuíam panfletos pelas ruas, e outros mais sofisticados buscaram a ajuda de uma agência de marketing para dentistas.


Acontece, que nessa mesma época não existiam empresas de marketing com conhecimento em odontologia.


Muitos publicitários e profissionais de marketing, vendo o crescimento da demanda de dentistas por marketing, "adaptaram" seus portfólios de serviços para atender a demanda crescente de odontologia por marketing.


Só que houve um pequeno problema ai. Vender um tratamento odontológico é bem diferente de fazer divulgação e marketing para uma concessionária de veículos ou para uma loja de varejo de roupas.


Então, nessa fase houve muita confusão sobre como fazer para atrair mais pacientes, usando técnicas empregadas no varejo, confundindo o paciente, passando uma imagem de que um serviço odontológico de qualidade é como uma mercadoria. Não é.


Nessa fase do marketing para odontologia muitos dentistas perderam dinheiro e pacientes por se posicionarem de forma errada perante ao público.


Sem orientação correta muitas campanhas de marketing para clínicas odontológicas foram ao ar utilizando a mensagem errada, nos canais de propaganda mais inadequados e com a frequência aquém do necessário para gerar algum efeito.


Além disso, naquela época era muito caro fazer marketing para dentistas, já que os canais de mídia utilizados, como revistas, jornais e até mesmo televisão estavam fora do orçamento disponível na maioria esmagadora das clínicas.


O resultado: Mais concentração de mercado e melhor repartição do bolo da demanda entre os participantes desse jogo.


O surgimento do marketing digital para dentistas


Com o avanço das tecnologias de comunicação e da mobilidade, surgiram uma nova categoria de ferramentas e processos que juntos foram denominados como marketing digital.


Na verdade o marketing digital é marketing. Digital é o canal utilizado para levar a mensagem de marketing de um anunciante aos seus potenciais consumidores.


Mas, o marketing digital foi se tornando conhecido dos dentistas e ganhou força n meio.